NOVA DIRETORIA

7º Corpo de Conselheiros elege nova diretoria executiva do CONTER

Ascom CONTER
18/10/2019
NOVA DIRETORIA

Na última terça-feira (15), os membros do 7º Corpo de Conselheiros do Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER) elegeram a nova diretoria executiva do órgão. Estarão à frente da gestão, pelos próximos dois anos e meio, Luciano Guedes, como presidente; Mauro Marcelo Limeira de Souza, na função de diretor-secretário, e, Sandoval Kerhle, como tesoureiro.  O processo cumpre a previsão do Regimento Eleitoral do CONTER de que, no início e na metade do mandato, o corpo de conselheiros, escolhido em eleição direta pelos profissionais, realize votação para escolha dos diretores.

O atual presidente do Conselho, Manoel Benedito Viana Santos, entende que a mudança é benéfica e reforça a atual estrutura democrática do Sistema. “A alternância de poder é um princípio fundamental em todos os sistemas democráticos. Assim como os atuais diretores, os demais conselheiros foram eleitos por profissionais do país inteiro e estão preparados para assumir esta responsabilidade”, afirma o presidente.  “Em nome dos demais diretores, desejamos prosperidade e muito trabalho. Permanecemos sendo um corpo e estaremos disponíveis para contribuir com o projeto de desenvolvimento da categoria e de defesa da sociedade”, congratula.

Nova Gestão

Os próximos diretores assumem o comando do órgão no dia 4 de dezembro de 2019, quando se encerra o mandato da atual gestão. Até lá, acontece um processo de transição, no qual eles terão acesso às informações administrativas do órgão e conhecerão a rotina de trabalho da instituição com o objetivo de assumirem as funções de modo a não causar interrupção nos serviços prestados à sociedade.

O presidente eleito, que vem do estado do Espírito Santo, diz que contará com o apoio da categoria para a valorização da profissão. “Pretendo estabelecer uma relação de proximidade com os profissionais; estarei disponível para ouvir, sugestões e críticas, para que, com participação de todos, obtenhamos o progresso que a Radiologia almeja”, defende Luciano, que preside a Coordenação Nacional de Fiscalização (Conafi) desde junho de 2017.

Sobre as pautas prioritárias, reafirma o papel relevante da fiscalização associada à educação continuada. “Nosso dever enquanto conselho é defender a sociedade, combatendo o exercício ilegal da profissão por leigos; mas, também em nome da proteção, pretendemos estimular e dar meios de capacitação para os profissionais, com o objetivo de garantir que a população seja atendida por trabalhadores devidamente preparados. Nossa profissão é intimamente ligada à tecnologia, que está em avanço contínuo; trabalharemos para manter técnicos e tecnólogos neste fluxo de desenvolvimento”, finaliza.

Mauro Marcelo, eleito pelos profissionais do Amazonas e do Acre, também compunha a equipe da Conafi. Além do trabalho na Coordenação, o técnico em Radiologia já atuou como agente fiscal no Conselho Regional de Técnicos em Radiologia dos dois estados (CRTR19), coordenou cursos e é palestrante sobre assuntos da área.

Já Sandoval Kerhle, de Pernambuco, contará com a experiência em gestão adquirida entre 2012 a 2017, período em que atuou como diretor-secretário do Conselho de Pernambuco (CRTR15). Sandoval tem formação de técnico e tecnólogo em Radiologia e também em Matemática, área em que lecionou por mais 20 anos. No Conselho Nacional, atuava como membro da Coordenação Nacional de Educação (Conae).

Processo Eleitoral

Em 2017, o CONTER realizou as primeiras eleições diretas para a escolha do Corpo de Conselheiros. O novo modelo possibilitou que qualquer profissional com mais de 5 anos de atuação concorresse a uma vaga. Cada região é representada por um conselheiro, eleito pelos profissionais das técnicas radiológicas. 

O mandato dos atuais conselheiros começou no dia 4 de junho de 2017 e terminará no dia 3 de junho de 2022. A votação para a escolha da diretoria executiva é realizada no início do mandato e dois anos e meio depois, quando se cumpre a metade do período.